Tratamento multidisciplinar para portadores de autismo deve ser coberto pelo plano de saúde?

autismo plano de saude

Os pacientes portadores de transtorno do espectro autista demandam tratamento multidisciplinar com profissionais especializados, tais como, psiquiatra, neurologista, psicólogo, psicopedagogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta e terapeuta ocupacional. Referidas sessões são realizadas por um longo período e sem previsão de alta médica.

A legislação atual garante cobertura de diversos transtornos do desenvolvimento, inclusive ao autismo, no entanto, as operadoras de planos de saúde limitam o acesso do paciente a algumas técnicas, sessões ou não permitem a realização de todas as especialidades imprescindíveis à evolução do beneficiário. 

Essa postura abusiva dos planos de saúde tem sido rejeitada pelo Poder Judiciário, que tem deliberado em favor dos pacientes, a fim de obterem o tratamento médico adequado, sem limitação na quantidade de terapias necessárias. Portanto, qualquer restrição que se faça ao tratamento multidisciplinar do portador de transtorno do espectro do autismo se mostra abusiva, pois contraria a legislação vigente.