fbpx

O mês de junho costuma ser um período angustiante para milhões de consumidores que encontram nos convênios médicos uma saída para o falido sistema público de saúde. É o momento em que administradoras e empresas de planos de saúde apresentam os reajustes aplicados às mensalidades dos planos coletivos para os próximos 12 meses.

Ter uma doença e se submeter a longos e desgastantes tratamentos são infortúnios que acometem milhões de brasileiros, que dependem da saúde pública ou privada para terem o seu direito garantido.

Imagine que você vive num mundo ideal onde a educação e a saúde da população são prioridades dos governantes e a gestão dessas áreas é controlada e tem distribuição adequada de recursos para que todos encontrem a plenitude. Sim, esse mundo existe numa república muito, muito distante: a Finlândia.
WhatsApp chat